30.03.2017 / Artigos

Órgão para a caridade do Papa chega às redes sociais

Após lançamento de site, Óbolo de São Pedro abriu perfis no Twitter e Instagram

Da Redação, com Boletim da Santa Sé

O Óbolo de São Pedro, ajuda econômica que os fiéis oferecem ao Papa para auxiliar nas obras de caridade, marca cada vez mais presença no ambiente digital. Além do site, agora o óbolo abriu perfis nas redes sociais Twitter e Instagram.

Em comunicado emitido nesta quinta-feira, 30, a Secretaria de Estado do Vaticano explica que o objetivo é dialogar com quem quer ajudar os mais necessitados e fazer conhecer as obras de caridade realizadas graças à solidariedade dos fiéis de todo o mundo, sejam eles religiosos, leigos, entidades ou fundações.

site já havia sido lançado em novembro do ano passado. Desde o último dia 1º de março, os perfis estão ativos nas redes sociais. Eles nasceram para criar, com católicos em todo o mundo, uma comunicação direta, autêntica, transparente e participativa com quem quer ajudar os mais necessitados.

No Twitter, o Óbolo de São Pedro tem contas em três idiomas: italiano (Obolo di San Pietro: @obolus_it), inglês (Peter’s Pence: @obolus_en) e espanhol (Obolo de San Pedro: @obolus_es). Já no Instagram, o perfil é único (Obolus: obolus_va).

“Nas duas plataformas, são cotidianamente partilhadas as mensagens do Pontífice publicadas no site oficial do Óbolo, junto a imagens, pensamentos e aprofundamentos sobre as obras de caridade realizadas pela Santa Sé através desta histórica iniciativa de caridade cristã”, informa o comunicado.

Uma das primeiras mensagens postadas no twitter foi “A misericórdia é mover-se juntos, é ir ao encontro das necessidades dos necessitados”. É justamente este o espírito que pauta o empenho do Óbolo de São Pedro em apoiar pequenos e grandes projetos em todo o mundo. Como exemplos, podem ser citadas a criação de um hospital pediátrico em Bangui, na República Centro-Africana, a ajuda do Santo Padre enviada à Ucrânia e o suporte à primeira universidade católica na Jordânia.

A iniciativa de inserir o Óbolo de São Pedro também nas redes sociais é fruto da colaboração entre a Secretaria de Estado, a Secretaria para a Comunicação e o Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano. 

Comentar